Todo dia é dia de pizza. Essa, que é uma das mais antigas iguarias do mundo, tem um segredo para
ficar crocante e deliciosa: o forno a lenha.
O forno a lenha geralmente possui um formato de “iglu”, e não por acaso. Esse formato permite
que a pizza asse por inteiro e de forma mais homogênea, já que o calor circula melhor dentro do
forno, assando a pizza por todos os lados.

Quer se arriscar na cozinha? Confira algumas dicas de operação de um forno a lenha:

• Acender o forno pelo menos três horas antes de começar a usar, garantindo a temperatura
certa das chamas.
• Se o forno tiver equipado com porta metálica, pode-se manter a porta fechada, acelerando a
chegada na temperatura ideal. Contudo, é preciso garantir que haja abertura suficiente para a
circulação de oxigênio e gases, do contrário é preciso deixar a porta aberta ou entreaberta, para
não extinguir as chamas.
• Adicione lenha gradativamente, mantendo a temperatura sempre constante e permitindo que se
possa assar até a última pizza.
• O forno deve ser limpo, sempre que possível, diariamente. Resíduos deixados na base do forno
e em seu teto podem alterar o gosto da pizza e causar desconformidades em sua cocção, que
passa a acontecer de forma irregular e desigual. Claro, qualquer procedimento de limpeza deve
ocorrer com o forno frio, evitando acidentes e queimaduras.
• Realize “revisões” em seu forno, sempre verificando a existência de falhas, rachaduras,
problemas no refratário e outros. O forno a lenha possui grande vida útil, mas não está livre de
alguns processos de deterioração, como qualquer outro equipamento usado no ramo alimentício.
• Informe-se, se necessário em entidades do segmento, sobre todos os equipamentos de
proteção individual que são exigidos por lei e quais podem reduzir probabilidades de acidentes e
queimaduras, ou mesmo de inalação de fumaças tóxicas.

Aromatização do forno:
– Prefira lenha de madeiras aromáticas (eucalipto, cabriúva, cerejeira, laranjeira, etc) nas
primeiras queimas.
– Talos e folhas de ervas secas como manjericão, louro ou alecrim podem ser utilizadas junto
com estas madeiras para aromatizar o forno removendo de vez o cheiro de cimento e outras
massas utilizadas na alvenaria no ato da construção.

– Antes de realizar o primeiro assamento de massas no lastro utilize alguns discos de pizza, sem
recheio, para serem descartadas. Assim irá remover qualquer impureza e grânulos de areia,
deixando o lastro limpo.
Depois de todas essas dicas, é hora de arregaçar as mangas e colocar a mão na massa.

(Visited 27 times, 1 visits today)